Orixás na umbanda

 imag

ORIXAS NA UMBANDA

DEFINIÇÃO DE ORIXÁ

Ori = Coroa; Xá = Luz.

 

A palavra Orixá quer dizer “Coroa Iluminada”; “Espírito de Luz”. O princípio mais evoluído existente em nosso sistema, manifestado através das forças da natureza.

Para haver um melhor entendimento, esquematizamos um organograma.

 

 

A palavra Orixá quer dizer “Coroa Iluminada”; “Espírito de Luz”. O princípio mais evoluído existente em nosso sistema, manifestado através das forças da natureza.

Para haver um melhor entendimento, esquematizamos um organograma.

orgonograma

 

Os 7 Orixás Básicos da Umbanda

OXOCE

Orixá da saúde, prosperidade, força, energia (ligada a saúde), farmacopéia (farmácia), nutrição É o “caçador” do Axé. Representado pelos Caboclos e Caboclas. 

Reino: mata.

Cor: verde (todos os tons e branco). Os tons de verde variam de acordo com a origem do Caboclo.

Sincretizado no Rio de Janeiro com São Sebastião, tem o seu dia comemorado em 20 de janeiro.

Elemento: terra.

Dia na semana de vibração maior: quinta-feira.

Planeta: Júpiter Características básicas de seus filhos: meio fechados, gostam de viver no seu próprio meio. Gostam de contemplar a natureza. Geralmente são pessoas desconfiadas, mas que quando confiam são amigos fiéis. Trabalhadores incansáveis. 

Outras formas de grafia encontradas: Oxossi e Oxoce.

 

 

OGUM

Orixá da energia (ligada a atitude), perseverança, vencedor de demanda, persistência, tenacidade, renascimento (no sentido de capacidade de se reerguer). Reino: Orixá sem reino específico, que atua na defesa de todos os reinos em função  A Energia de Ogum está em todos os lugares. Cor básica: vermelha e branco.

Sincretizado no Rio de Janeiro com São Jorge, tem o seu dia comemorado em 23 de abril.

Elemento: fogo.

Dia da Semana de vibração maior: terça-feira

Planeta: Marte

Características de seus filhos: são persistentes, tem temperamento forte. Determinados e batalhadores.

 

 Desdobramentos Principais de Ogum

 

Ø       Ogum Megê – vermelho branco e preto (trabalha em harmonia com Omulu, na entrada da calunga pequena – cemitério).

Ø       Ogum Rompe Mato – Vermelho e verde (trabalha em harmonia completa com Oxoce, na entrada da Mata. Podendo ser cultuado tanto na terça-feira, dia de Ogum, quanto na quinta-feira, dia de Oxoce)

Ø       Ogum Beira-mar – Coral (trabalha na orla marítima em harmonia com Iansã e Iemanjá)

Ø       Ogum Iara – azul claro e vermelho (trabalha na cachoeira em harmonia com Oxum)

Ø       Ogum de Lei – vinho e branco (trabalha com as Almas em harmonia com Xangô, Omulu, Oxum e Ogum Iara)

 

OBS.: Os demais Oguns encontrados mais raramente dentro dos terreiros de Umbanda, são desdobramentos destes principais Chefes de Linha, exemplo: Ogum 7 Ondas (desdobramento de Ogum Beira-Mar).

 

XANGÔ

Orixá da justiça e do conhecimento (estudo de maneira geral), equilíbrio das forças de um modo geral, ligadas a questões de Justiça. Sincretizado no Rio de Janeiro com São Jerônimo, tem o seu dia comemorado em 30 de setembro.

 Encontramos também outras datas de comemoração porque este Orixá foi sincretizado com outros Santos Católicos, em função de seus desdobramentos, a saber:

Xangô Alafim-Eché

Xangô Abomi 

Xangô Alufam

Xangô Agodô 

Xangô Aganju

Xangô D’Jacutá .

Reino: pedreira.

Força da natureza que rege: trovão.

Cores: marrom, cinza e ainda o roxo.

Elementos: ar e terra.

Dia da semana de vibração maior: quarta-feira

Planeta: Mercúrio

Características dos seus filhos: Rigidez de pensamento, tem grande senso de justiça, são pessoas metódicas e equilibradas.

 

Omulu

Orixá de transformação energética, de toda energia produzida de forma natural ou artificial, quer dizer, a energia natural é toda aquela emanada da natureza ou do nosso próprio pensamento e a artificial é a fabricada (oferendas). Ele transforma tudo e descarrega para terra.

Orixá da transição para a vida astral. Senhor dos segredos da vida e da morte. Mestre das Almas.

Se Exu é o grande manipulador das forças de magia, o Sr. Omulu é o Mestre.

Quando desencarnamos tem sempre um enviado de Omulu do nosso lado, por isso é que ele sempre diz que temos que resgatar a nossa dívida; temos que agir efetivamente para resgatarmos o nosso Karma.

Sincretizado no Rio de Janeiro com São Lázaro tem o seu dia comemorado em 17 de dezembro.

Reino: calunga pequena (cemitério).

Cores: preta e branca em proporções iguais.

Elemento: terra.

Dia da Semana de vibração maior: sábado

Planeta: Saturno

Características dos seus filhos: Pessoas fechadas, que passam por grandes transformações na vida, normalmente ligadas a perdas. São protegidos contra qualquer tipo de magia. A mediunidade é aguçada desde muito jovem.

OBS.: Obaluaê é um desdobramento de Omulu, vibrando em forma mais jovem. Não se trata de outro Orixá, mas sim de um desdobramento.

IANSÃ

Orixá dos ventos, raios e tempestades. Responsável pelas transformações, (mutações e mudanças) ligadas às coisas materiais, fluidez de raciocínio e verbal, Orixá intimamente ligada aos avanços tecnológicos. Grande guerreira.

Não tem reino específico, atua nos fenômenos da natureza.

Cor: amarelo ouro e branco. Elemento: ar, água e fogo

Dia da semana: quarta-feira

Planeta: Mercúrio

Características dos seus filhos: Mudança de pensamento (jogo de cintura), facilidade de falar, de se comunicar, de interagir. Pessoas geralmente bastante flexíveis (abertas) as novidades e mudanças.

 

 

 

 

 

 

Orixá dos mares, das águas salgadas. Responsável pelos bens materiais, grande provedora e mãe. Senhora da Calunga Maior(mar), portanto grande absorvedora de energias negativas.

 Traduz a sua vibração em paz e harmonia. Protetora da família, dos laços familiares.

 Reino: mar.

Cores: azul claro ou branco transparente.

Elemento: água.

Dia da semana de maior vibração: sexta-feira.

Planeta: Vênus

Sincretizada no Rio de Janeiro com N. Senhora da Glória tem o seu dia comemorado em 15 de agosto.

Características de seus filhos: dinheiro com facilidade (quando não tem, aparece), não aparentar a idade que tem, “espírito” maternal, gosta do poder.

 

 

 

 

Orixá do amor, da harmonia e da concórdia. Equilíbrio emocional. Senhora das águas doces, rios e cachoeiras.

Reino: Cachoeira.

Cor: azul. Elemento: água.

Dia da semana de maior vibração: segunda-feira.

Planeta: Lua

Características dos seus filhos: Docilidade, sensibilidade (choram com facilidade), místicos.

OXUM

 

 

 

EMANJÁ

About these ads

2 Comments »

  1. 1

    gostaria de saber como são cada entidades tais como comportamento como agem e como saber se estamos preparados para recebelas?

    • 2

      Oi Rita, as entidades são espíritos iluminados, eles são doutrinados e com permissão do cosmo a fazer seus trabalhos de cura, orientação etc… as pessoas que necessita. Bom agora esta a parte difícil de te responder quando estamos preparado pra receber, bom vou tentar um pouco que sei a respeito, as pessoas nascem com um espírito que e o “eu” a mesma tem uma missão na terra que é a evolução, pois então tem pessoas que tem o dom, sensibilidade, afinidade, sabedoria de incorporar os espíritos.


RSS Feed for this entry

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: